IMG 0225

A FRUTICAD, procedeu de 11 a 15 de janeiro com a entrega de 27000 mudas de plantas de frutas e sombra, nos bairros de Mahate e Muxara em Pemba e nas aldeias de Nanjua e Taratara em Metuge.

Estas plantas foram entregues as 5000 famílias beneficiárias do projecto, vítimas do ciclone Kenneth e dos ataques armados prepetrados no norte da província de Cabo Delgado. Cada família recebeu cerca de 5 plantas de frutas e sombra. O projecto já entregou aos beneficiários 25000 mudas de espécies nativas de acácias, gliricídia, moringa, limoeiro, mangueira, papaeira, ateira, jambaloeiro, goiabeira, graviola, parte dessas plantas foram produzidas nos viveiros de Metuge. Estes viveiros foram implantados pelos beneficiários do projecto, na componente de viveiros que beneficiou cerca de 50 viveiristas das aldeias de Nanjua e Taratara.

IMG 0252     IMG 0225

O objectivo da acção é melhorar a dieta alimentar dos beneficiários, despertar o compromisso com a natureza e mostrar que cada um pode fazer a diferença na protecção e conservação do meio ambiente.

Como forma de apoiar o programa “Uma Familia, Uma Árvore” promovido pelo Conselho Municipal de Pemba e o Centro de Reassentamento de Nanlia, a FRUTICAD realizou uma entregua de 2000 árvores de sombra que visa a arborizar a cidade de Pemba e o reassentamento para gerar renda e sombra. Como também incentivar o senso de responsabilidade socioambiental dos moradores destes locais através do plantio.

A distribuição das plantas é uma das alternativas de contribuir para o aumento do número de árvores no mundo, mitigando os efeitos das mudanças climáticas.

O projecto em Pemba e Metuge ocorre no âmbito do programa pós-ciclones Mecanismo de Recuperação com implementação liderada e gerida pelo PNUD, em parceria com ONGs, diversos níveis de governo e outras agências da ONU, e financiamento da União Europeia, Canadá, Finlândia, Holanda, Índia, China e Noruega.

counterpartctausaid